Operação do Gecoc e da Deic apreende mais de 50 kg de maconha na Forene; droga estava enterrada

Imprimir
PDF
Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter
Tamanho da Fonte:

O combate ao tráfico de drogas levou equipes do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) do Ministério Público Estadual de Alagoas  (MPE/AL) e a Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), no início da tarde desta segunda-feira (21), ao bairro Forene, em Maceió, o  que resultou na apreensão de 50kg de maconha prensada. Um ex-reeducando, apontado como o dono do entorpecente, foi preso.

O levantamento das inteligências acontecia de forma conjunta há cerca de um mês e tinha como alvo uma organização criminosa responsável pelo tráfico naquela região. Nesta segunda, após os levantamentos, foi descoberto um terreno baldio onde havia sido enterrada uma grande quantidade de drogas, que estava escondida em sacos plásticos.O material foi recolhido e, após a pesagem, oficializou-se a apreensão de mais de 50kg maconha.

O dono do entorpecente, identificado como Daniel Teotônio Viela, mais conhecido como Daniel, tem uma ficha criminosa extensa e várias passagens pelo sistema prisional. O primeiro crime dele foi um furto, em 2002. Em 2004, foi preso por lesão corporal e, dois anos depois, em 2006, praticou roubo contra uma casa lotérica. No ano de 2008 ele assaltou um coletivo na capital.

Também consta no histórico de crimes contra Daniel Teotonio Vilela duas prisões em flagrante delito nos anos de 2011 e 2015, por roubo. Após receber voz de prisão, ele foi conduzido para a Deic para interrogatório e autuação. Um ex-reeducando, apontado como o dono do entorpecente,

Conselho Nacional do Ministério Público Conselho Nacional dos Procuradores Gerais Associação Nacional dos Membros do Ministério Público Colégio de Diretores de Escolas dos Ministérios Públicos do Brasil Conselho Nacional dos Ouvidores do Ministério Público Associação do Ministério Público de Alagoas Tribunal de Justiça de Alagoas