MPE/AL realizará seminário para discutir a efetivação dos direitos da pessoa idosa em Maceió

Imprimir
PDF
Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter
Tamanho da Fonte:

O Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), por meio do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça (CAOP) e em parceria com a Pastoral da Pessoa Idosa, realizará nesta segunda-feira (2), a partir das 8h, o Seminário da Pessoa Idosa. O evento, que tem como tema “Direitos da Pessoa Idosa: dignidade humana em primeiro lugar" e lema “É com as pessoas idosas que podemos aprender mais", objetiva discutir as garantias e a efetivação dos direitos das pessoas com mais de 60 anos.

O seminário acontece no auditório Edgar Valente de Lima Filho, que fica no prédio-sede do Ministério Público do Estado de Alagoas, no bairro do Poço, e celebrará o dia internacional da pessoa idoso, comemorado no dia 1º de outubro. Além disso, o Ministério Público divulgará as estratégias que devem ser adotadas para adotar as providências que criarão o Conselho Municipal da Pessoa Idosa.

“O Ministério Público entende que entre suas funções institucionais está a mediação da criação do Conselho Municipal da Pessoa Idosa, que é previsto na legislação brasileira e precisa ser instalado em Maceió. Então, por ordem do procurador-geral Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, estamos tomando as providências cabíveis para isto e, nesse seminário, anunciaremos como atuaremos para reunir entidades e órgãos públicos para o conselho ser criado e funcione em prol dessa parcela da sociedade”, declarou o promotor de justiça e coordenador do CAOP, José Antônio Malta Marques.

Ele ainda ressaltou que é preciso mais atenção aos cidadãos que fazem parte da parcela da população com mais de 60 anos. “As pessoas idosas no Brasil são sempre esquecidas. Desde 2003 há um estatuto e esta norma precisa ser esmiuçada, lembrada e respeitada. E no seminário, nós faremos isso. É necessário trabalhar para garantir o exercício de seus direitos”, afirmou.

Com nomes como os das promotoras de Justiça Micheline Tenório e Gilcele Dâmaso, da advogada Cosmélia Folha, da psicóloga Núbia Matta, e da especialista em trânsito Ana Buarque, o seminário abordará temas relacionados a necessidade de estimular a compreensão dos direitos do idoso e também crimes específicos que são cometidos contra estes cidadãos.

De cordo com os organizadores do evento, as palestrantes relacionarão as áreas de suas especialidades com a realidade vivida pela pessoa idosa. Assim, as estudiosas trarão uma visão jurídica e social, discorrendo acerca da colocação em prática do que prevê o Estatuto do Idoso e como a participação cidadã na efetivação desses direitos é importante.

Conselho Nacional do Ministério Público Conselho Nacional dos Procuradores Gerais Associação Nacional dos Membros do Ministério Público Colégio de Diretores de Escolas dos Ministérios Públicos do Brasil Conselho Nacional dos Ouvidores do Ministério Público Associação do Ministério Público de Alagoas Tribunal de Justiça de Alagoas