Clipping 25 e 26 de Novembro de 2017 - Gazeta de Alagoas e Tribuna Independente

Imprimir
PDF
Tamanho da Fonte:

Campo Grande

Uma cela do Sistema Prisional de Alagoas. Este é o destino do prefeito da cidade de Campo Grande, Arnaldo Higino Lessa, preso sexta-feira (24) em flagrante durante operação do Ministério Público Estadual (MP) quando recebia dinheiro que seria fruto de propina. De acordo com o MP, logo após passar por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) de Maceió, o prefeito foi levado para a sede do MP, no bairro do Poço, em Maceió. Lá, foi ouvido pelo delegado da Polícia Civil de Alagoas Felipe Caldas. O conteúdo do depoimento não foi revelado. Fonte: Gazeta de Alagoas

Arnaldo Lessa foi preso em flagrante na manhã desta sexta-feira (24), pela Procuradoria-Geral de Justiça de Alagoas, comandada por Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, com o apoio dos Grupos de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) e de Combate à Sonegação Fiscal e Crimes Contra a Ordem Tributária (Gaesf). O gestor vinha sendo investigado pelo gabinete da chefia do Ministério Público, depois que o MPE/AL recebeu denúncia de que ele estaria recebendo propina. Fonte: Tribuna Independente

Conselho Nacional do Ministério Público Conselho Nacional dos Procuradores Gerais Associação Nacional dos Membros do Ministério Público Colégio de Diretores de Escolas dos Ministérios Públicos do Brasil Conselho Nacional dos Ouvidores do Ministério Público Associação do Ministério Público de Alagoas Tribunal de Justiça de Alagoas